Página destinada à publicação dos textos e outros trabalhos dos meus alunos do 7ºE

Domingo, 12 de Outubro de 2008

 Era uma vez uma menina que se chamava Beatriz. Ela não gostava nada de estudar e para complicar mais as coisas, a Beatriz também não estava atenta nas aulas, o que não ajudava muito. Como ela não estudava nada, nos trabalhos copiava pelos colegas e tinha muito boa nota, mas nas fichas de avaliação ela não tinha ninguém ao pé dela, por isso tirava más notas. Um dia os pais dela acharam muito estranho o facto de ela nos trabalhos ter boa nota e nas fichas não. Por isso, decidiram ir perguntar à Beatriz o que se passava, mas ela não sabia o que dizer, no entanto, prometeu que ia estudar mais e que ia estar mais atenta nas aulas.

 No dia seguinte, a menina foi para as aulas, e logo nesse dia começou a estar atenta e a apontar todas a matérias que os professores davam, para não faltar à promessa que tinha feito aos pais.
 Assim, com aquele esforço, a menina conseguiu tirar boas notas no trabalho final. Assim, os pais ficaram muito contentes pois a sua filha n
ão faltou à promessa feita.

A Beatriz e os seus pais viveram felizes para sempre…

 

Ana

 

 

 

publicado por ML às 01:34

 

Era uma vez uma rapariga chamada Josefina que era muito rica e gostava de um rapaz pobre e esse também gostava dela. Mas, um dia, o pai descobriu e proibiu a rapariga de ir à escola, pois era lá que eles se encontravam todos os dias.

Um dia ela adoeceu e a notícia correu por toda a terra e chegou aos ouvidos do seu amado. Ele fez tudo o que podia e o que não podia para a ir ver, até que um dia foi apanhado no palácio, porque se tinha perdido no meio dos muitos corredores. Foi para as masmorras e esteve lá muitos dias. Durante esses dias, Josefina ia piorando e pedindo ao pai para deixar o rapaz pobre a ir ver, mas o pai nunca deixava.

Até que um dia a rapariga estava às portas da morte, os médicos já não podiam fazer nada,  e foi então que o pai começou a pensar se o rapaz poderia ajudar a rapariga a curar a doença. Como não sabia se sim ou se não, mais valia tentar. Então mandou chamar o rapaz e a Josefina, que estava quase morta, abriu ligeiramente os olhos e viu o seu amado. Tiveram uma longa conversa e o rapaz passou a ir ver a Josefina todos os dias.

Assim que a rapariga ficou totalmente curada, o pai deu, como recompensa da gratidão que sentia pelo rapaz, a mão da sua filha em casamento.

E Viveram Felizes Para Sempre!!!!!

 

Filipa

 

publicado por ML às 01:00

Era uma vez, num país chamado Rico de mais, um rei e uma rainha que tinham acabado de ter um filho chamado João.

         Nesse mesmo dia, um outro rei e rainha tinham acabado de ter uma filha a que chamaram Joana. Esse país onde viviam era o país Chique de mais. Esses dois países estavam em guerra.

Uns anos mais tarde, o príncipe João decidiu ir dar um passeio à fronteira para ver como o outro país era belo. A princesa Joana também tinha ido dar um passeio à fronteira para ver como o outro país era belo. Eles dois encontram-se e apresentaram-se um ao outro. Eles falaram e brincaram. Já era tarde e o rei de Rico de mais e o de Chique de mais tinha ido ver onde estavam os seus filhos. Eles encontraram-se e disseram um ao outro que iam atacar o país, mais uma vez.

O pai do João prendeu-o no quarto dele, e o pai da Joana prendeu-a no seu quarto. O João fugiu e foi ajudar Joana a fugir também. Foi então que eles os dois fugiram para Pobre de mais, casaram-se e tiveram o seu filho.

Passados alguns anos, decidiram visitar o pai do João. O pai e a mãe dele ficaram muito contentes ao vê-lo, e o João tinha uma proposta: fazer aliança com o pai de Joana e juntar os dois países. O pai de João aceitou a proposta, mas era preciso ver qual era a resposta do pai de Joana. O pai de Joana ficou também feliz por vê-la e ela falou-lhe sobre a proposta e o pai dela também aceitou.

No dia seguinte, os reis fizeram a aliança e juntaram os dois países e depois da aliança o novo país ficou conhecido como Rico e Chique de mais e o João e a Joana eram os reis desse maravilhoso país.

E viveram felizes para sempre.

 

André

 

 

 

publicado por ML às 00:30

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Últ. comentários
renato o teu texto esta espetacular!!!!!!!!!!!!!!!...
Está lindo!!
ola...o nosso blog esta 5*...esta magnifico...ador...
Parabéns pelo Blogue! Foi uma excelente ideia. em ...
oi Patricia gostei muito mas mesmo muito do teu co...
boa ta espetacular..diz tudu akilo ke e verdade......
ta bué fixe..............
claro que é o melhor blog!!!! 7ºE beijos para todo...
esta história esta muito gira, vê-se mesmo de quem...
está muito gira esta história Patríciabeijos
Bem sempre o que me costumam de dizer e que um aut...
Que bonito conto! " Parabens Catarina o conto está...
Está muito giro o nosso blog!É sem duvida o melhor...
yooooo o melhor blog da net claro tinha que ser do...
arquivos
2009

2008

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro